FAQ - Perguntas Frequentes

O que fazer para gerar minha própria energia (passo a passo)?

  • Envie a conta de energia recente;

  • Uma proposta personalizada já será encaminhada em resposta;

  • Proposta aprovada e assinatura de contrato;

  • Projetar o GSF (Gerador Solar Fotovoltaico) e enviar à concessionária;

  • Compra e instalação do GSF;

  • Vistoria da concessionária e instalação do medidor bidirecional;

  • Sistema ligado e produzindo energia.

 

Quais são os prazos para estar com o GSF funcionando?

Em média 60 dias a partir da assinatura de contrato o GSF já está gerando energia. Os prazos são:

  • Projeto: 4 semanas;

  • Instalação: até 2 semanas;

  • Vistoria: 2 semanas (agendada pela concessionária).

 

Nos dias nublados e no turno da noite, vou ficar sem energia?

A partir do momento que o sistema está em operação, ele está usando a concessionária como se ela fosse um banco: enquanto está gerando, o sistema vai “depositando” a energia na concessionária; nos dias nublados e no turno da noite, que o sistema está gerando pouca energia ou nenhuma, ele “saca” essa energia de volta. Entra-se assim no sistema de compensação. Na verdade o dimensionamento é feito para o consumo anual, então já considera-se os dias nublados e o turno da noite. OBS: Em dias nublados o sistema ainda consegue gerar, só que a geração é consideravelmente menor que a de seu potencial ideal.

Quais equipamentos fazem parte do GSF?

  • Placas solares (módulos fotovoltaicos);

  • Inversor(es);

  • Estrutura de fixação;

  • String Box (quadro elétrico específico para o GSF, com fusível/disjuntor, DPS, etc...);

  • Cabos e conectores.

 

Meu telhado/terreno é bom para instalar um GSF?

As condições mais favoráveis é ter uma instalação voltada para o norte e o mais livre de sombras possível. Mas essas condições não são essenciais, cada projeto tem sua singularidade e a Energize terá todo o cuidado para que você aproveite o máximo o potencial do seu telhado.

Vai ter "quebradeira"?

Essa é uma dúvida frequente pois o GSF é constantemente confundido com a instalação de coletores de aquecimento de banho, que necessitam de tubulações especiais por toda a edificação. Na verdade são dois projetos extremamente diferentes! Em pouquíssimos casos são necessárias algumas adaptações pequenas, mas algo como furar uma parede ou colocar um eletroduto externo. Mas na maioria dos casos consegue-se fazer sem ter “quebradeira” e sem “adaptações”.

E quando acaba a energia da rede, minha energia ainda está garantida pois estou produzindo mesmo assim, certo?

Não. O sistema desliga a produção quando sente que a rede está sem energia. Isso é uma precaução para que o sistema de energia solar não ofereça riscos a técnicos que vão ter contato com a rede para manutenção.